segunda, 02 de agosto de 2021 - 17:37h - 2371
Agosto Dourado: Banco de Leite Humano reforça importância da doação de leite materno
Mês terá rodas de conversa sobre benefícios da amamentação para mães e bebês.
Por: Karla Santos
Foto: Júnior Queiroz/ Sesa

Para incentivar a amamentação dos bebês e a doação de leite materno, o Banco de Leite Humano (BLH) deu início nesta segunda-feira, 2, à campanha Agosto Dourado, com uma programação voltada a pacientes do Hospital da Mulher Mãe Luzia (HMML), mães que podem doar leite e servidores da unidade. 

Durante todo o mês de agosto, o BLH realiza rodas de conversas para dar orientações sobre a importância da amamentação e a melhor forma e captação de leite para doação. As mães também recebem orientações sobre como prevenir dores, fissuras, empedramento das mamas e como insistir para que o bebê possa mamar corretamente. 

 

Leite materno salva vidas

Considerado a primeira "vacina" dos recém-nascidos, o leite materno é uma excelente fonte de nutrição e protege as crianças contra doenças como diarréia, alergias e infecções respiratórias. Além disso, ajuda a criar uma proteção imunológica que reduz os riscos de diabetes, hipertensão, obesidade e colesterol alto no decorrer da vida adulta.

De acordo com a coordenadora do BLH, Darcineyde Alves Dias, o leite materno é essencial e salva vidas - motivo para sempre investir na disseminação dessas informações.


"Em situações de prematuridade, baixo peso ou para recém-nascidos internados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), o leite materno funciona como um remédio e salva a vida da criança", afirmou a coordenadora.

 

Doação de leite

Durante todo o mês, campanhas educativas nos meios de comunicação e nas redes sociais irão incentivar também a doação de leite materno. Muitas mães têm excesso de leite e podem ajudar a salvar a vida de bebês prematuros com baixo peso, que por algum motivo não podem ser amamentados.

O BLH planeja realizar live e "mamaço", respeitando as medidas de proteção à vida contra covid-19, para assegurar o bem-estar dos realizadores e participantes.

O local funciona 24 horas e fica localizado na esquina da Avenida FAB com a Rua Jovino Dinoá, no centro de Macapá. É possível entrar em contato através do número (96) 98115-9018.

 

Critérios para ser doadora:

Ter excedente de leite;

Estar saudável e se sentindo bem;

Comprovar testagem negativa para HIV, sífilis, hepatite B e C, doenças infecciosas e imunodeficiência.

Para quem deseja doar de casa, é necessário possuir um congelador para armazenamento do leite. O kit entregue para as mães captarem o leite de casa é composto por: dois vidros; gaze hospitalar para higienização das mamas; touca; etiqueta; e dois saquinhos para proteção dos recipientes que armazenam o leite materno. É importante lembrar que a equipe da rota de coleta domiciliar busca as doações toda sexta-feira.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá