quinta, 02 de setembro de 2021 - 22:12h - 10763
Governo vai criar companhia para levar serviços de saneamento, energia e comunicação às zonas rurais
Projeto de lei para criar a nova empresa pública voltada às comunidades isoladas está em fase de elaboração.
Por: Camila Ramos
Foto: Criles Monteiro
Nova empresa pública faz parte do planejamento estratégico para que nenhuma localidade seja desassistida dos serviços.

O Governo do Amapá prepara a criação de uma nova companhia que levará soluções em internet, energias renováveis, água e esgoto para as comunidades mais isoladas do Amapá. A visão faz parte da nova perspectiva de atuação dos servidores da Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa), após a concessão do saneamento nas sedes dos 16 municípios ao Consórcio Marco Zero, nesta quinta-feira, 2, por meio de um leilão.

“Nossa estratégia é não deixar ninguém para trás, e esta concessão sai com um resultado que vai viabilizar os investimentos nas comunidades tradicionais, quilombolas, extrativistas, ribeirinhas e indígenas”, explicou o governador Waldez.

LEIA MAIS: Consórcio vence leilão da Caesa para levar saneamento aos 16 municípios com a menor tarifa ao consumidor

Inicialmente batizada como Serviços de Inclusão Digital, Energias Alternativas e Saneamento (Ideas S. A.), a futura empresa pública faz parte do planejamento estratégico para que nenhuma localidade seja desassistida, e que a desigualdade em telecomunicações, energia e saneamento sejam minimizadas em todo o Amapá.

O projeto de lei para criar a Ideas S.A. está em fase de elaboração, por meio de uma comissão formada por representantes da Caesa e do Executivo Estadual, e, em breve, deve seguir para apreciação da Assembleia Legislativa.

 

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá