segunda, 08 de novembro de 2021 - 18:44h - 5420
Governo do Amapá leva atendimentos de cidadania para distrito do Bailique
Em apenas um dia, foram mais de 250 serviços como emissões de identidade, CPF e orientações sobre aposentadoria. Ação segue até terça, 9.
Por:
Foto: Henrique Borges
Expectativa é triplicar os atendimentos até terça-feira, 9.

Em apenas um dia, o Governo do Amapá já disponibilizou mais de 250 atendimentos de cidadania aos moradores do Arquipélago do Bailique, a 180km de Macapá. Nesta segunda-feira, 8, as equipes especializadas em assistência social e saúde do Estado iniciaram a oferta de serviços à população, garantindo assistência às famílias que enfrentam os fenômenos naturais da salinização do Rio Amazonas e das Terras Caídas (erosão). 

A ação segue até terça-feira, 9, com atendimentos do Superfácil, Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) e Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Entre os serviços de cidadania disponíveis, estão: emissão de primeira e segunda via de carteiras de identidade, cartão do Sistema Único de Saúde (SUS), CPF e encaminhamentos ao INSS sobre aposentadoria. 

SAIBA MAIS: Governo leva ações de saúde e cidadania e mais 120 mil litros de água potável para o Bailique

De acordo com a diretora do Superfácil, Patricia da Silva, a intenção é que esse quantitativo aumente, alcançando pessoas de comunidades mais isoladas. 

"Em apenas um dia de atendimentos, já foram emitidas 132 carteiras de identidade e 75 cartões do SUS. Também foram oferecidas 45 orientações sobre aposentadoria. Até amanhã, a tendência é triplicar essa quantidade de atendimentos", reforçou.

Entre as pessoas que buscaram os serviços, o senhor Américo Cordeiro Filho, de 50 anos, empreendedor, atravessou o Rio Amazonas, vindo da Vila Macedônia, para aproveitar a oportunidade de trocar a identidade sem ter que ir até a capital Macapá.

"Hoje eu vim trocar minha carteira de identidade, pois ir na cidade é muito difícil. Para mim, é uma honra e um prazer poder receber esse atendimento aqui na Vila Progresso. Aqui foi rapidinho, já tô com a minha prontinha pra receber", disse.

A dona de casa Dayana Dias de Sousa, 24 anos, moradora da Vila Progresso, aproveitou a oportunidade, pois, com uma filha recém-nascida, encontra dificuldades para se deslocar até a capital.

"Essa ação me ajudou muito, porque eu estava precisando trocar minha carteira de identidade", ressaltou.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá