Logo Amapá
quinta, 12 de janeiro de 2023 - 10:02h - 963
Governo do Amapá e Liesap definem ações de infraestrutura e de segurança para o Carnaval 2023
Encontro tratou sobre a reforma e revitalização do Sambódromo e medidas de segurança. 
Por: Karla Marques
Foto: Ascom GEA
A previsão é que todos os serviços no Sambódromo estejam concluídos em fevereiro.

O Governo do Estado e a Liga Independente das Escolas de Samba do Amapá (Liesap) definiram ações de infraestrutura e de segurança para a realização do Carnaval 2023. 

A Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinf) iniciou, em dezembro do ano passado, as obras de adaptação do Sambódromo para a realização do Carnaval de 2023. Os serviços seguem em ritmo acelerado. Na estrutura de concreto, estão sendo feitos reparos na parte elétrica, pintura e revitalização de banheiros. Ainda será necessário reforço das arquibancadas e do guarda-corpo, como explicou o secretário da Seinf, David Covre. 

“Esse trabalho é necessário para que o espaço esteja adequado para receber o público que irá prestigiar o Carnaval. Também vamos melhorar a pavimentação da via, iluminação, retirar as arquibancadas de ferro, que hoje não estão em condição de receber o público, adequar dos portões de entrada, entre outros serviços”, disse. 

A previsão é que todos os serviços sejam concluídos até o dia 10 de fevereiro. 

Carnaval 2023

O desfile das escolas de samba está previsto para ocorrer nos dias 17 e 18 de fevereiro, no Sambódromo, em Macapá, sob organização da Liesap e apoio do Governo do Amapá.

Durante a reunião, o presidente da Liesap, Jocildo Lemos, apresentou o planejamento da liga para a organização do espaço e a realização do carnaval, bem como a proposta de programação para os dias que antecedem o desfile. 

“Hoje, saímos dessa reunião muito satisfeitos e com o melhor direcionamento possível para darmos encaminhamento ao nosso projeto do carnaval. Nós conseguimos estabelecer todas as diretrizes para o planejamento junto à Seinf e à Secult. Também já definimos todas as etapas que serão realizadas”, ressaltou Jocildo.

Com o Amapá há dois anos sem o desfile oficial das escolas de samba, existe uma expectativa muito grande por parte dos foliões, agremiações carnavalescas e empreendedores locais acerca do evento. Pois, além de proporcionar alegria e entretenimento para a população, facilita a geração de empregos e fomenta a economia, alcançando os pequenos empreendedores, o turismo, o comércio e setores como o de transportes.

Investimentos 

Em dezembro de 2022, o Governo do Estado destinou R$3,5 milhões para a realização dos desfiles.

“O recurso destinado às escolas já foi repassado para que elas possam fazer a efetivação desse Carnaval, dentro dos seus barracões, produzindo suas fantasias, alegorias e preparando seus desfiles”, detalhou a Secretária de Cultura do Estado, Clícia di Miceli. 

Segurança

Todo o planejamento do carnaval e intervenções estruturais estão sendo acompanhados de perto pelo Corpo de Bombeiro, através da diretoria de Segurança de Incêndio e Pânico. Para o coronel Orielson Pantoja, essa parceria é muito importante para que todas as medidas de segurança sejam adotadas antecipadamente para a realização do evento.   

“O nosso papel, nesse primeiro momento, é orientar os órgãos e  organizadores do evento quanto às medidas de segurança a serem adotadas no local, como a sinalização das saídas de emergência. Devemos garantir que a segurança funcione  contra  incêndio, com atenção ao funcionamento das portas de saídas em situações de emergência. Também é importante a retirada das licenças e vistorias do local e dos empreendedores que ali estarão participando”, disse.

 

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá