Logo Amapá
domingo, 15 de janeiro de 2023 - 19:41h - 734
Governo do Amapá realiza ações emergenciais para conter rompimento de aterro de travessia de veículos na rodovia Perimetral Norte
A partir desta segunda, 16, serão executados serviços de limpeza e implementação de tubos de drenagem da rodovia.
Por: Jamylle Nogueira
Foto: Maksuel Martins e Ruan Matos
Governo trabalho em conjunto com a Prefeitura de Porto Grande para prestar assistência às famílias.

O Governo do Amapá realizou ações preventivas e emergenciais no trecho da Rodovia Perimetral Norte, localizado em Porto Grande, para conter o desabamento de uma parte da rodovia em que existe um aterro de travessia de veículo em cima de um igarapé, onde se formou um reservatório.

Os trabalhos começaram a ser executados na manhã deste domingo, 15, com o remanejo das famílias da Comunidade Cristo Salvador , que residem às margens da rodovia, para áreas seguras, pois, em caso de desabamento, elas corriam sérios riscos de serem atingidas por inundações.

Para executar as medidas, o Governo do Amapá enviou equipes técnicas das Secretarias de Estado dos Transportes (Setrap) e Meio Ambiente (Sema) e da Defesa Civil, que irão trabalhar em parceria com a prefeitura de Porto Grande e Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

Próximas ações

Já a partir desta segunda-feira, 16, o Governo enviará tubos de 800 milímetros que serão instalados por baixo da rodovia para fazer o escoamento da água até o rio Amapari. O serviço de instalação e manutenção do trecho será executado pelo DNIT, assim como a limpeza dos canais para desobstruir as canaletas que farão a drenagem da água.

De acordo com o secretário de Estado dos Transportes, Valdinei Amanajás, a ação primordial do governo é garantir que as famílias da comunidade estejam em segurança e as rodovias sejam livres para o tráfego de veículos.

“Com o remanejo das famílias, os serviços serão executados de maneira responsável. Estamos dando todo o suporte com os materiais para que o DNIT possa realizar essa manutenção”, frisou o gestor.

 

Ao todo, foram remanejadas 10 famílias, que ficarão temporariamente na casa de parentes, que residem na parte alta da comunidade e na capital amapaense.

Monitoramento

Para que as ações preventivas fossem executadas, a Sema fez o estudo da área e diagnóstico dos serviços que deveriam ser executados para o escoamento da água.

“Em nossa reunião com a comunidade, também fazemos um alerta para que os lixos sejam descartados de forma correta, pois, além das chuvas, essa é uma das principais causas do acúmulo excessivo de água e impedem o escoamento”, alertou o analista de meio ambiente da Sema, Wilkison Freire.

O secretário executivo da Defesa Civil, coronel Janary Picanço, reforçou que nesse período o Estado está em alerta e qualquer perigo iminente está sendo monitorado pelo Governo.

“Sempre realizamos uma escuta junto a comunidade e os orientamos em caso de perigo. E com a chegada do inverno todo monitoramento e ações de prevenção e atendimento são reforçados”, reforçou o Coronel.

Todos os órgãos do Estado estão em alerta para o caso de precisarem ser acionados. Em caso de emergência, ligue para 193 e 190.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá