terça, 15 de junho de 2021 - 11:06h - 2367
Comemoração: Marabaixo e Capoeira terão programação integrada
Atividades acontecem até 30 de junho, com destaque para lives de apresentações culturais, rodas de conversas, exposições e feiras, todas seguindo os protocolos de segurança sanitária.
Por: Gabriel Penha
Foto: Gabriel Penha/Arquivo/Seafro
No Amapá, Dia Estadual do Marabaixo é comemorado em 16 de junho

O Dia do Marabaixo, comemorado nesta quarta-feira, 16 e o Dia da Capoeira, celebrado no dia 30 de junho, terão uma programação integrada, que acontecerá no Amapá Garden Shopping, na zona sul de Macapá. Entre as atividades estão lives de apresentações culturais, rodas de conversas, exposições e feiras – todas seguindo os protocolos de segurança sanitária.

A programação tem apoio do Governo do Estado, através das secretarias de Cultura (Secult), de Políticas para Afrodescendentes (Seafro) e de Juventude (Sejuv), através de monitores dos segmentos, em parceria com o Instituto Municipal de Promoção de Igualdade Racial (Impoir), grupos culturais e o shopping onde acontecerão os eventos. A ações iniciam na quarta-feira, 16 e seguem até o dia 30 de junho.

Para o secretário da Seafro, Joel Borges, além de valorizar as manifestações culturais a programação irá presentear a comunidade amapaense com o que há de melhor em ambas as manifestações culturais.

“É missão do poder público valorizar e fortalecer nossas manifestações culturais. Marabaixo e capoeira são duas manifestações de destaque no Amapá e este ano, mesmo com a pandemia, vamos oferecer essa programação para fortalecer ainda mais as duas manifestações, claro, respeitando as medidas sanitárias”, destaca o gestor.

 

As datas

O Dia Estadual do Marabaixo foi criado através do Projeto de Lei nº 0049/10, do falecido deputado estadual Dalto Martins. A data foi escolhida para homenagear a Santíssima Trindade. Aprovado pela Assembleia Legislativa, a lei foi sancionada em 2010. A mais legítima manifestação cultural amapaense foi reconhecida como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em novembro de 2018.

Já o Dia Estadual da Capoeira é 30 de junho. A data foi instituída pela Lei nº 1.678/2012, do Governo do Amapá. A capoeira é uma expressão cultural brasileira que mistura arte marcial, esporte, cultura popular e música, caracterizada por golpes e movimentos ágeis e complexos. Uma característica que distingue a capoeira da maioria das outras artes marciais é a sua musicalidade. Praticantes desta arte marcial brasileira aprendem não apenas a lutar e a jogar, mas também a tocar os instrumentos típicos e a cantar.

Em 2014 a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), deu o título de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade para a Capoeira.

 

Programação:

Dia 16 de junho (quarta-feira):

Das 16h às 17h50 - Roda de conversa “Políticas culturais: A importância do dia Estadual e Municipal do Marabaixo”;

Das 18h às 18h50 – Missa Afro;

19h – Apresentações culturais (rodas de marabaixo);

- Marabaixo do Pavão;

- Grupo Raimundo Ladislau;

- Berço do Marabaixo;

- Raízes da Favela;

- União Folclórica de Campina Grande;

- Marabaixo do Laguinho;

- Grupo de Marabaixo Tia Sinhá;

- União dos devotos de Nossa Senhora da Conceição – UDNSC;

Dia 23 de junho (quarta-feira);

Dias 16h às 17h50 - O programa Amapá Jovem e os resultados da Monitoria de Capoeira e

Marabaixo;

Das 18h às 19h - Oficina de Marabaixo e Capoeira;

-Cortejo Cultural – Monitores de Marabaixo e Capoeira;

 

Dia 30 de junho (quarta-feira):

Das 16h às 17h50 - Dia Estadual da Capoeira e os impactos dos projetos sociais na comunidade

Amapaense;

Das 18h às 19h30 - Apresentações Culturais – Grupos de Capoeira;

- Flesh Move;

- Intervenção cultural.

 

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá