quarta, 15 de dezembro de 2021 - 17:32h - 10453
Estado Forte, Povo Seguro: Waldez participa de Curso de Formação dos 110 aprovados no concurso da Polícia Penal
Governador reforçou aos futuros servidores os investimentos e medidas de fortalecimento da Segurança Pública.
Por: Claudio Morais
Foto: Maksuel Martins/Secom
Aprovados do concurso passam por curso de formação na Aifa.

O governador, Waldez Góes, esteve na Academia Integrada de Formação e Aperfeiçoamento (Aifa) nesta quarta-feira, 15, para acompanhar os 110 aprovados do concurso do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen) que estão na fase final do Curso de Formação de Policiais Penais.

Os aprovados nesta etapa irão compor a primeira turma sob o novo regimento da Polícia Penal. Na segunda-feira, 13, o governador anunciou a convocação de outros 150 habilitados no certame. 

 

VEJA TAMBÉM:

Estado Forte, Povo Seguro: Governo anuncia novo pacote de fortalecimento da Segurança Pública

Waldez cria Polícia Penal do Amapá

 

Waldez fortalece Polícia Penal do Amapá

O chefe do Executivo destacou aos formandos os investimentos, que se estendem desde a infraestrutura até equipamentos de proteção individual, comunicação e inteligência, para todas as instituições da Segurança Pública e defesa social, inéditos no estado.

“Cada um dos agentes em formação fará parte de uma Segurança totalmente reestruturada, com os mais de R$ 275 milhões investidos até 2021. Resultado da forte integração entre governo, Bancada Federal e as instituições”, ressaltou Góes.

O secretário de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), cel. Carlos Souza, observou o papel estratégico da Polícia Penal na prevenção à criminalidade e combate às organizações criminosas.

“Estamos formando agentes plenamente capacitados para atuar na ressocialização dos apenados que queiram retornar à sociedade e, especialmente, no trabalho de Inteligência junto com as demais polícias para garantir, a partir do sistema penitenciário, a segurança da população”, enfatizou o secretário.

Os novos Policiais Penais, somados aos 150 que serão convocados em 2022, formarão um aditivo estratégico, de acordo com o diretor-presidente do Iapen, Lucivaldo Costa, também para as estruturas de média e máxima segurança.

“Representa um importante reforço no monitoramento dos reeducandos e, ainda, mais segurança para o nosso próprio efetivo”, disse o gestor.

 

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá