sexta, 18 de março de 2022 - 22:32h - 1773
Estado Forte, Povo Seguro: Governo entrega Complexo Fluvial de Segurança Pública, na Fazendinha
Foram mais de R$5,8 milhões investidos na estrutura, que integra o Grupamento Marítimo-Fluvial, Batalhão Ambiental e Píer Integrado da Segurança Pública.
Por: Claudio Morais
Foto: José Baía / Secom
Novo Complexo de Segurança vai reforçar policiamento, prevenção e salvamento nos rios do Amapá.

O Governo do Amapá realizou mais uma importante entrega do programa Estado Forte, Povo Seguro nesta sexta-feira, 18. O Complexo Fluvial de Segurança Pública vai fortalecer o policiamento, prevenção e salvamento nos rios e comunidades ribeirinhas do Amapá. O novo espaço está estrategicamente localizado às margens do Rio Amazonas, no bairro da Fazendinha, em Macapá.

Foram mais de R$ 5,8 milhões investidos no novo Complexo, com recursos do Estado e emendas da Bancada Federal, com articulação dos senadores Davi Alcolumbre e Lucas Barreto. Toda infraestrutura foi projetada com o alto padrão construtivo da Segurança do Estado.

São entregas que fazem parte do maior programa de investimentos na Segurança Pública da história do Amapá, conforme destacou o governador Waldez Góes.

“São mais de R$290 milhões aplicados na defesa social e na segurança da nossa população, fruto de um planejamento que iniciou em 2015 [...] É resultado da ampla mobilização e integração do Governo com a Bancada Federal, com destaque à articulação dos senadores Davi Alcolumbre e Lucas Barreto”, destacou Góes.

O secretário de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Carlos Souza, enfatizou que a entrega do Complexo é estratégica e um importante incremento para a segurança em todo o estado.

“Além de otimizar as operações do Estado e fortalecer a integração com as forças de segurança federais e dos municípios, o Complexo Fluvial é um importante ponto de referência para os atendimentos de urgência e emergência e de acolhimento da nossa população ribeirinha", destacou o secretário da Sejusp.

Conheça cada uma das novas sedes do Complexo Fluvial

Companhia Fluvial do Batalhão Ambiental

Tem a missão de promover a segurança da população ribeirinha e dos viajantes que utilizam do meio fluvial para locomoção e transporte de cargas, promover também o policiamento fluvial preventivo e, eventualmente, repressivo. A Companhia previne e combate crimes como tráfico de drogas, receptação, roubos e furtos, abigeato (furto de animais, como gado), crimes contra a pessoa, captura de foragidos e crimes ambientais.

E, para fortalecer este importante trabalho, o Governo do Amapá entregou, em 17 de fevereiro, a lancha tática ‘Godzilla’: uma embarcação blindada especialmente projetada para o policiamento ostensivo fluvial. Foram R$480 mil investidos no equipamento, que é estratégico para o patrulhamento, fiscalização e combate aos “ratos d’água”. Seu alto desempenho, maior velocidade e proteção balística permitirá aos militares uma abordagem muito mais eficiente.

Grupamento Marítimo-Fluvial

O Grupamento Marítimo-Fluvial do Corpo de Bombeiros do Amapá (GMAF) atua nas atividades de busca e salvamento terrestre e aquático, combate a incêndio, resgates, além da prevenção de acidentes aquáticos. O GMAF possui atualmente um efetivo de 72 militares com formações em áreas diversas, além de outros militares de diversos grupamentos, que possuem o curso de mergulho e atuam quando necessário.

O novo prédio conta com alojamentos, salas para as atividades administrativas, amplo saguão para estacionamento das viaturas e embarcações, refeitório, sala de instrução, higienização de ambulâncias, área para manutenção de equipamentos e guarita.

Píer Integrado

O Píer Integrado da Segurança Pública é uma estrutura de 172 metros de extensão equipada com uma plataforma flutuante, que acompanha a variação das marés do rio Amazonas, que conferirá agilidade e independência nas operações de policiamento e resgate fluvial, pois possibilita o embarque e desembarque a qualquer momento do dia.

Esta estrutura servirá a todas as instituições de segurança e ao Samu do Estado, além de agências federais e municipais, caso necessitem. O Píer Integrado também será um ponto de referência para as embarcações de civis que chegam à sede de Macapá em busca por atendimento de saúde.

Durante a entrega do Complexo, o Governo do Amapá apresentou, o projeto da Marina Integrada da Sejusp, uma obra onde as instituições poderão guardar suas embarcações e fazer manutenções. A Marina Integrada está orçada em cerca de R $2 milhões e ficará entre o Batalhão Ambiental e o Grupamento Marítimo-Fluvial.

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

José Baía

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá