quarta, 19 de janeiro de 2022 - 12:31h - 2973
Janeiro branco: campanha alerta sobre a necessidade de cuidados com a saúde mental e emocional
Estado disponibiliza atendimento psicológico emergencial e ambulatorial para população.
Por: Karla Santos
Foto: John Barroso/ Secom
Cuidar da saúde mental é um processo para a vida toda.

O Governo do Amapá aderiu à campanha Janeiro Branco, que busca despertar na sociedade a compreensão sobre a importância do autocuidado com a subjetividade humana e reforçar para a população a necessidade da manutenção da saúde mental.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil é o país com a maior taxa de pessoas com transtorno de ansiedade e o 5º em casos de depressão. Esses tipos de transtornos podem comprometer a vida pessoal, profissional, relacionamentos interpessoais e o autovalor atribuído a si mesmo.

Dicas para cuidar da saúde mental e emocional

O coordenador de saúde mental e psicólogo, Mário Denis, afirma que cuidar da saúde mental é um processo contínuo. É possível aderir a hábitos cotidianos que possibilitam o melhoramento do bem-estar, confira: 

  • Alimente-se bem: um cardápio equilibrado, rico em nutrientes e com bastante variedade não reflete somente na saúde física. A alimentação tem relação direta com o bem-estar geral do corpo.
  • Pratique exercício físico: as atividades físicas liberam os conhecidos “hormônios da felicidade” – dopamina, serotonina, ocitocina e endorfina – e conciliadas a uma boa alimentação impulsionam um bom funcionamento biológico.
  • Priorize o sono: ter uma noite de sono de qualidade facilita o desempenho durante o dia. É importante desenvolver uma rotina do sono, com horário certo para dormir, num ambiente tranquilo e que proporcione um descanso efetivo.
  • Reserve um tempo para o lazer e para o convívio com pessoas queridas: busque usufruir de um tempo de qualidade com as pessoas queridas. Construir laços e fortalecer são fatores cruciais para a autoestima e para a sensação de amparo. Durante o descanso, desligue-se de fatores estressores do cotidiano.
  • Aprenda a pedir (e aceitar) ajuda, conheça a si mesmo e permita-se sentir: alguns sentimentos como raiva, por exemplo, são incentivados socialmente a serem reprimidos. Todos as emoções fazem parte da totalidade humana e devem ser sentidas para que consigam ser bem elaboradas pelo ser humano.

“É necessário sair do celular e descansar de verdade. Investir no lazer não é desperdício de tempo e sim investimento na saúde mental e emocional”, completou o psicólogo.

Conhecer a si mesmo está relacionado a autorreflexão, que pode ser posta em prática através de terapia, atividades lúdicas e meditação.

“Pedir ajuda, seja para pessoas de confiança ou para um profissional, deve ser um hábito incentivado. Ninguém precisa dar conta de tudo sozinho”, finalizou o coordenador.

Serviços de acompanhamento psicológico

Em casos de crise, o Hospital de Emergência (HE), em Macapá, dispõe de serviço de atendimento psicológico, que funciona durante 24h para casos de urgência e emergência, como crises de ansiedade, traumas psicológicos e tentativa de suicídio.

No Hospital de Clínicas Alberto Lima (Hcal) funciona o Ambulatório de Saúde Mental, que realiza o tratamento especializado de pessoas com transtornos metais e de humor.

CAPs

O Centro de Atenção Psicossocial (Caps) Casa da Gentileza, referência na assistência à pessoa com sofrimento mental severo e persistente, trabalha a integração social e familiar por meio de atendimento médico e psicossocial.

O Caps Álcool e Drogas (AD) atende a população adulta com transtornos provenientes do abuso e dependência de substâncias psicoativas, como álcool e outras drogas.

O Caps Infantojuvenil (IJ), situado no município de Santana, é destinado a crianças e jovens de até 17 anos que apresentam transtornos severos e persistentes como neurose, psicose e doenças secundárias adquiridas por uso abusivo de drogas psicoativas.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá