quarta, 20 de dezembro de 2017 - 21:21h - 9735
Governo do Estado paga o 13º e aquece o comércio amapaense
Pagamento foi feito na tarde desta quarta-feira, 20, e já alavancou as vendas.
Por: Da Redação .Colaboradores: Marcelo Guido
Foto: Bia Reis
Pagamento do 13º ao funcionalismo público injetou aproximadamente R$ 71 milhões na economia amapaense

O pagamento da segunda parcela do 13º salário do funcionalismo público estadual nesta quarta-feira, 20, animou a população e os comerciantes amapaenses. A movimentação de pessoas foi intensa em shoppings, lojas e galerias comerciais no centro de Macapá.

O movimento na loja de roupas da comerciante Darnily Paz, por exemplo, foi tão grande que ela teve que chamar mais funcionários. “As vendas aumentaram muito nesta tarde, assim que o pagamento caiu na conta”, comemorou.

Trabalhadores como o eletricista autônomo Arlon Monteiro aguardavam ansiosos pela confirmação do 13º. “Sem o décimo, as pessoas não estavam fazendo serviço nas suas casas, agora sim. Eu, que não sou funcionário público, também espero para ter minha renda extra no fim de ano”, ponderou.

Para Fredson Leite, que trabalha com alimentos no centro de Macapá, a notícia também veio em boa hora. “Minhas vendas sempre aumentam nessa época do ano. As pessoas, com mais dinheiro no bolso, tendem a comer mais na rua para não perder as promoções do comércio. Eu já acabei minha mercadoria duas vezes hoje”.

A expectativa da maquiadora Bianca Sobrinho é de que, com a renda extra, as pessoas vão procurar mais pelos seus serviços neste fim ano. “As minhas clientes começaram a agendar horários a partir de hoje. Elas não sabiam se iriam poder me contratar nesse período”, relatou.

Maria de Jesus, que é proprietária de uma loja de celular, acredita que o pagamento do décimo vai estimular o amapaense que não sabia como presentear neste Natal. “Eu estava desanimada, mas com o movimento aumentando, meu produto tende a ter mais saída”, contou ela, já de forma sorridente.

Injeção na economia

O pagamento do 13º ao funcionalismo público injetou na economia, aproximadamente, R$ 71 milhões. O recurso é do Programa de Estabilização da Folha de Pagamento e assegurou o direito constitucional de pagamento do décimo até o dia 20 de dezembro. Desta forma, mesmo com o quadro econômico desfavorável, o Governo do Amapá consegue pôr em prática a política de valorização do servidor público. Diferente de muitos estados da Federação que não conseguiram.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá