quinta, 23 de setembro de 2021 - 20:28h - 6812
Governo contabiliza mais de 91 mil vacinas aplicadas na 1ª etapa da ação contra sarampo e influenza
Varredura vacinal terá 2ª fase, desta vez, com foco nos municípios de Macapá e Santana, a partir de 27 de setembro.
Por: Nathanael Zahlouth .Colaboradores: Alessandro Veloso
Foto: Ascom/SVS
A varredura vacinal contra o sarampo e influenza ocorre de casa em casa.

O Governo do Amapá contabiliza 91.352 doses de vacinas aplicadas na população dos municípios de Macapá, Santana, Mazagão, Oiapoque e Porto Grande, de 30 de agosto a 18 de setembro, durante a primeira etapa da varredura vacinal contra sarampo e influenza. O balanço foi divulgado nesta quinta-feira, 23. 

A campanha, feita de casa em casa, é resultado de uma parceria entre Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS), Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) e prefeituras nas cidades que apresentam maior número de casos de sarampo.

A força-tarefa aplicou 48.976 doses da vacina Tríplice Viral, que previne contra caxumba, rubéola e sarampo, além de 42.376 doses do imunizante contra influenza.

A capital, Macapá, foi o município com maior quantidade de pessoas vacinadas: foram aplicadas 21.079 doses da vacina contra a influenza e 21.065 doses da vacina tríplice viral.

Confira as doses aplicadas em cada município: 

 

Município

Influenza

Tríplice Viral

Macapá

21.079

21.065

Santana

14.056

13.951

Oiapoque

3.770

7.215

Porto Grande

1.788

3.465

Mazagão

1.683

3.280

Segunda etapa

A SVS, Opas e as prefeituras iniciam, a partir de 27 de setembro, a segunda fase da varredura vacinal contra o sarampo e influenza. Serão 20 dias de campanha com foco nas cidades de Macapá e Santana.

Nesta etapa, a ação contará com 32 equipes de vacinadores da Opas e 20 equipes da SVS em Macapá. Já em Santana; a varredura será realizada com 32 equipes da OPAS e 3 equipes da SVS.

“Atingimos um número expressivo de pessoas, mas é necessário frisar que estas vacinas estão disponíveis nas unidades básicas de saúde. O sarampo é uma doença altamente contagiosa e pode levar a óbito, principalmente crianças, então é importante que todos estejam imunizados”, afirmou o superintende da SVS, Dorinaldo Malafaia.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá