quinta, 24 de novembro de 2022 - 14:01h - 573
Professor vítima da covid-19 é homenageado com nome da primeira escola do Conjunto Miracema
Carlos Alberto Viana foi escolhido como patrono da escola estadual. Conheça mais sobre a trajetória do educador.
Por: Bárbara Ribeiro
Foto: Vandy Ribeiro / Ascom Seed
Família de Carlos Alberto esteve presente na cerimônia de entrega da escola e ganhou uma placa de homenagem em nome do professor.

A primeira escola do Conjunto Miracema tem o nome do professor Carlos Alberto Viana Marques - escolhido como patrono da instituição inaugurada pelo Governo do Amapá nesta quinta-feira, 24. Conheça mais sobre o profissional que dedicou parte de sua vida à educação amapaense. 

Carlos Alberto nasceu em 29 de outubro de 1970, filho de Manoel Gomes Marques e Maria de Nazaré Viana Marques. Formou-se em História pela Universidade Federal do Pará (UFPA) e em Direito na Universidade Federal do Amapá (Unifap).

Em 1993, iniciou sua carreira como educador, entrando para o quadro estadual de ensino e lecionando no Colégio Amapaense, instituição na qual se dedicou por mais de duas décadas. Em 1994 passou a integrar também o quadro federal de professores do Departamento de História da Unifap.

Durante sua trajetória, o professor tornou-se uns dos mais conceituados professores de cursos pré-vestibular e de preparatórios para concursos, garantindo destaque no cenário educacional público e privado. Ele faleceu em Macapá, no dia 3 de junho de 2021, aos 50 anos de idade, vítima da Covid-19. 

A sobrinha e afilhada de Carlos Alberto, Marcela Seabra, se emocionou durante a cerimônia de entrega da escola.

“Meu tio viveu pela e para a educação amapaense. Sei que onde quer que ele esteja, está muito feliz pela homenagem de hoje, assim como toda a minha família. Ele era muito especial”, disse Marcela.

O professor Carlos participou desde o início do Programa Central do Enem, preparatório gratuito ofertado pela Secretaria de Estado da Educação (Seed) para estudantes da rede estadual, sendo sempre reconhecido por suas performances memoráveis em sala de aula.

Marcelus Buraslan, amigo pessoal do patrono da escola e colega de trabalho pelo Programa Central do Enem, acredita ser uma homenagem merecida.

“O Carlos foi um amigo excepcional até o fim. Quem teve o privilégio de conhecer e conviver com ele, sabe que essa é uma homenagem justa. É como celebrar a pessoa e o profissional que ele foi em vida. Ele merece ser celebrado e lembrado sempre”

A luta de Carlos Alberto pela educação deixou um legado construído com dignidade, lealdade, dedicação às pessoas, coragem e responsabilidade com a educação dos jovens do Amapá, que hoje se imortaliza ao ser patrono da Escola Estadual do Conjunto Habitacional Miracema.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá